abril - junho

Alfredo Passos

Resumo


Neste número 2 do volume 5 da Revista Inteligência Competitiva deste ano de 2015, é apresentado o artigo “A EMPRESA ALFA E SUA ESTRATÉGIA PARA O SEGMENTO DE TRATORES: A BUSCA DA VANTAGEM COMPETITIVA A PARTIR DA VISÃO BASEADA EM RECURSOS (VBR)” dos autores Adriane Garippe Johann, Elenilton Rüdiger Johann, Elisângela Rüdiger Johann e Luiz Carlos Duclós, que tem como objetivo principal identificar e fornecer uma explicação do desenvolvimento estratégico e a busca da vantagem competitiva na empresa Alfa, mais especificamente para o segmento de tratores agrícolas.  Tendo em vista que as vantagens estratégicas normalmente são classificadas dentro de uma ou outra escola, este artigo buscou identificar e explicar, tendo a Visão Baseada em Recursos como referencial teórico.

No artigo de Paulo Henrique de Oliveira e Egberto Lucena Teles “RELAÇÕES DE DEPENDÊNCIA INFORMACIONAL ENTRE OS PROCESSOS DE ADMINISTRAÇÃO ESTRATÉGICA E DE INTELIGÊNCIA COMPETITIVA” traz os processos capazes de proverem as condições necessárias para um ajustamento contínuo, rápido e eficaz das estruturas e rotinas organizacionais às crescentes ameaças e oportunidades impostas por seus ambientes de negócios. Os processos são abordados de maneira integrada a partir da identificação e análise das relações de dependência informacional existentes entre eles. Os resultados demonstraram a existência de importantes pontos de convergência informacional entre ambos os processos que precisam ser administrados e potencializados pela criação de canais de comunicação apropriados. Como consequência, sugere-se atenção especial do departamento de Inteligência Competitiva quanto à disponibilização oportuna de produtos de inteligência que sejam valiosos para os seus respectivos usuários (estrategistas).  

O artigo “SOLUÇÕES BUSINESS INTELLIGENCE OPEN SOURCE NO SUPORTE À ESTRATÉGIA ORGANIZACIONAL” as autoras Ana Virgínia A. G. Bertolini, Márcia Almeida Chiappin, Fernanda Pauletto D’Arrigo, Deise Taiana de Ávila Dias e os autores Paulo Fernando Pinto Barcellos e Vianei Roberto Mayolo, tem como objetivo comparar os recursos disponíveis em quatro softwares de Business Intelligence (BI) open source identificados na literatura e assim, informar aos gestores das organizações que identificam a necessidade de utilizar ferramentas da TIC, dos recursos disponibilizados por estes softwares nas suas versões open source. A abordagem da pesquisa é qualitativa exploratória. Os dados foram coletados através de sites oficiais dos desenvolvedores de sistemas de BI open source, fóruns de usuários, sites especialistas em softwares desta natureza e principalmente artigos científicos.  Os resultados sugerem que sistemas de BI open source podem ser uma opção viável para organizações inviabilizadas financeiramente de utilizar versões pagas destes softwares. Ainda, indicam que houve um crescimento do número de opções de soluções de BI, porém com limitações maiores nas suas versões open source.

O artigo da autora Vanessa Bolico da Silva intitulado “INTELIGÊNCIA COMPETITIVA ATRAVÉS DA GESTÃO DE MARCAS PRÓPRIAS: UMA ANÁLISE EM SUPERMERCADOS DO RIO GRANDE DO SUL” onde objetivou analisar o processo de adoção e gestão de marcas próprias de redes supermercadistas de médio porte, investigando também como os fornecedores dessas marcas são escolhidos e estudou duas organizações na cidade de Passo Fundo - Rio Grande do Sul, por sua considerável concentração de supermercados. Foram realizadas entrevistas em profundidade mediante orientação de roteiro semiestruturado, que foram gravadas e transcritas. Foram analisados: aspectos gerais sobre marcas próprias, gerenciamento de marcas próprias e seleção e avaliação de fornecedores de marcas próprias. Foi possível perceber que os supermercados adotam as marcas próprias para fidelizar seus clientes e aumentar sua lucratividade. Os varejistas analisam onde há oportunidade e demanda para introduzir esses produtos, que são posicionados como intermediários (após a marca líder). Na escolha dos fornecedores, são observados aspectos como a qualidade do produto e a situação financeira do fabricante. Conclui-se que a utilização da estratégia de marcas próprias por redes supermercadistas de médio porte em cidades do interior, é viável e pode ser benéfica promovendo fixação da marca, fidelização de clientes e melhoria da lucratividade.

O artigo que finaliza esta edição é “MAPEAMENTO DAS PUBLICAÇÕES CIENTÍFICAS INTERNACIONAIS SOBRE O TEMA LIDERANÇA”, dos autores Fernanda Rocha Bortoluzzi, Marlon Cucchi, Greice Back, Márcio Migliavacca e Paulo Fernando Pinto Barcellos. Este estudo teve como objetivo mapear as publicações a nível internacional, sobre a temática liderança. A investigação foi delineada como uma revisão não sistemática da literatura, realizada por meio de levantamento, seleção e leitura de obras. Como base de dados foi utilizada a American Psychological Association (APA). A pesquisa aponta 172 artigos recuperados de acordo com a estratégia de buscaPsychology (Journal) and Leadership (Title). Os resultados destacam os temas liderança transformacional com 29 artigos, desenvolvimento de líderes com 22 artigos e comportamento de lideranças com 15 artigos, como os mais citados nos últimos dez anos.

 

Boa leitura para todos.

Editor Chefe

Alfredo Passos


Palavras-chave


Editorial

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24883/ric.v5i2.122

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



 Atelier Brasil
Rua Pe. Guilherme Pompeu, 01, Centro
06501-055, Santana de Parnaíba, São Paulo, Brazil
(e-ISSN 2236-210X – DOI 10.24883)

Contato institucional: profdrpassos@gmail.com



  Indexadores e Diretórios                    
             


SitesCRASPDOMÍNIO PÚBLICO CAPES l IAFIE l SCIP l IAFIE l USP l FMU  l ABRAIC SEER/IBICT  l ISSN l EventosANPAD l NormasABNT

 

                                                                              Visualização no Brasil e no Mundo por localização e período